Notícias

Presidente do TRT-15 recebe representantes da indústria farmacêutica EMS

Por Ademar Lopes Junior

A presidente do TRT-15, desembargadora Gisela Rodrigues Magalhães de Araujo e Moraes, recebeu na tarde de segunda-feira (7/10), a visita institucional dos diretores jurídicos do Grupo EMS, Renata Manzatto Alves e Gustavo Svensson. O encontro, no Gabinete da Presidência, contou também com a presença do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Subseção Campinas, Daniel Blikstein, e dos juízes auxiliares da Presidência, Alvaro dos Santos e Cristiane Montenegro Rondelli.

Ampliar a relação institucional da EMS com o Tribunal foi o objetivo principal do encontro. Os representantes da empresa também fizeram uma rápida explanação sobre o histórico da organização, criada em 1964, a partir da Farmácia Santa Catarina, com atuação desde 1950, e que atualmente conta com cinco fábricas instaladas no Brasil, uma delas em Hortolândia, região de Campinas, com mais de 2.000 funcionários.

Os diretores da EMS convidaram a presidente Gisela Moraes para conhecer a planta de Hortolândia, com a programação de uma apresentação da empresa e do panorama do mercado farmacêutico no Brasil, além de visitação às instalações industriais. O convite foi estendido a todos os magistrados do TRT-15 e aos membros do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Campinas.

No mesmo sentido de estreitamento dos laços entre as instituições, os representantes da EMS afirmaram que a empresa se propõe a futuras trocas de experiências, como por exemplo palestras voltadas a magistrados e servidores do TRT-15, além de participação no maior evento do Tribunal, o Congresso Nacional de Direito do Trabalho e Processual do Trabalho. A empresa também ofereceu apoio à segurança da Vara do Trabalho de Hortolândia e adjacências, em virtude da recente redução do número de vigilantes patrimoniais no Regional.

Sobre a empresa

A EMS integra o Grupo NC, um dos maiores conglomerados brasileiros, com milhares de empregados, colaboradores. A empresa é líder no mercado há mais de uma década, com foco em inovação, medicamentos biotecnológicos e genéricos de alta complexidade. Em 2014, entrou no mercado oncológico.