Notícias

« Voltar

Com benção do papa Francisco, barco hospital construído com recursos do caso Shell é inaugurado em Belém

Fotos: Marlon Carrasco

Construído pela Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus com recursos do acordo firmado no processo conhecido como caso Shell/ Basf, foi inaugurado na tarde de sábado (17/8), em Belém (PA), o Barco Hospital Papa Francisco. O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região e o Ministério Público do Trabalho de Campinas destinaram R$ 25,1 milhões para a fabricação da embarcação e de uma ambulancha, que devem beneficiar 700 mil ribeirinhos do Amazonas, espalhados por quase mil comunidades. No hospital flutuante, os moradores da região terão acesso a consultórios médico e odontológico, sala cirúrgica, sala para internação, sala de teste ergométrico, ultrassom, eletrocardiograma, mamógrafo, raio-X e laboratório de análises clínicas.

"O barco Papa Francisco é um dos mais belos frutos nascidos da tragédia social e ambiental ocorrida no Recanto dos Pássaros, em Paulínia. Nada é capaz de pôr fim às dores de trabalhadores e familiares vítimas, mas, com essa ação, reforçamos a função social da Justiça do Trabalho e o nosso respeito pela dignidade da pessoa humana", afirmou a presidente do TRT-15, desembargadora Gisela Rodrigues Magalhães de Araujo e Moraes. A magistrada também destacou, durante a cerimônia, que "melhor do que pegar a caneta e dar uma sentença condenatória é empregar valores como esse para que se faça o bem", disse. 
 

Também participaram da cerimônia a diretora da Escola Judicial da Corte e magistrada responsável pela sentença condenatória da multinacional anglo-holandesa, Maria Inês Correa de Cerqueira Cesar Targa, e o ex-presidente do TRT-15 no biênio 2016-2018, quando ocorreu a doação, desembargador Fernando da Silva Borges. 

Pelo Ministério Público do Trabalho, prestigiaram a inauguração o procurador-geral, Ronaldo Curado Fleury, e o procurador em Campinas Ronaldo Lira, responsável pela comissão de destinações dos recursos oriundos do acordo. Tanto as autoridades que representaram o TRT-15 quanto as do MPT foram homenageadas durante a cerimônia.

Benção do papa

Um dos momentos mais aguardados da inauguração foi a leitura da mensagem enviada pelo papa Francisco, que dá nome à embarcação. O pontífice destacou que se unia ao momento de "alegria e ação de graças a Deus, com grande satisfação". "Do mesmo modo como Jesus, ao aparecer caminhando sobre as águas, acalmou a tempestade e fortaleceu a fé dos discípulos, este barco levará tanto o conforto espiritual como a calmaria para as agitações dos homens e mulheres carentes, abandonados à própria sorte", destacou.

Os primeiros atendimentos após a inauguração foram realizados já no domingo para a população de Belém, que também pôde conhecer as instalações do hospital. Durante o período de testes do barco foram realizadas duas expedições, uma para Óbidos (PA) – município do baixo Amazonas, a mais de 1.000 km de Belém, onde a embarcação ficará sediada – e outra para Juruti (PA). Os franciscanos atenderam 779 pessoas, entre elas uma com diagnóstico de apendicite aguda que, não fosse o imediato procedimento cirúrgico, poderia ter falecido.

Os ribeirinhos que passarem pelo barco receberão atendimento nas especialidades de ginecologia, pediatria, urologia, oftalmologia, cardiologia, dermatologia, neurologia e odontologia. Será possível realizar cirurgias de catarata e intervenções cirúrgicas de baixa complexidade, além de prevenção contra o câncer em diversas áreas (mama, próstata, pele, colo uterino e bucal).

Todos os atendimentos serão realizados pelo SUS e pela Previdência Social. Um termo de fomento foi assinado na manhã desta segunda-feira (19/8) entre a Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará e a Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, para auxiliar na provisão de recursos para os atendimentos médicos.