Notícias

« Voltar

Cejuscs usam o amarelo para promover ações de prevenção ao suicídio durante a Semana Nacional da Execução Trabalhista

Em uma ação combinando efetividade da Justiça do Trabalho e conscientização social, o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Nupemec) do TRT-15 e os Centros Judiciários de Métodos Consensuais de Solução de Disputas da Justiça do Trabalho (Cejusc-JT) aproveitaram o grande fluxo de trabalhadores, empresários, advogados e estagiários que estão participando dos mutirões da 9ª Semana Nacional de Execução Trabalhista no TRT-15 para amplificar o "Setembro Amarelo", campanha que busca alertar a população sobre as causas e as formas de se evitar o suicídio. Nos dias 17, 18 e 19 de setembro, as salas e mesas de conciliação dos Cejuscs de toda a 15ª Região estavam repletas de balões e fitas amarelas, além de cartazes com mensagens e imagens que remetiam à campanha. A ação mobilizou magistrados, servidores, estagiários e terceirizados do TRT-15, que explicaram para as pessoas que estavam participando das audiências o motivo de também estarem vestindo peças de roupas amarelas.

A desembargadora Ana Paula Pellegrina Lockmann, coordenadora do Nupmec, destacou o sucesso da ação social do TRT-15 e lembrou que a conciliação também é uma forma das pessoas resolverem de forma saudável antigos conflitos, virarem a página e darem início a uma nova etapa de suas vidas. "O acordo vai além da dimensão econômico-financeira ali envolvida. Tem a finalidade também de promover a conciliação entre os litigantes, liberando-os emocionalmente para seus futuros projetos de vida, o que ajuda a promover a saúde mental das pessoas e a pacificação que tanto se busca no âmbito da sociedade", destacou a desembargadora Ana Paula.

Para a coordenadora do Cejusc-JT de 2º Grau do TRT-15, juíza Kathleen Mecchi Zarins Stamato, a junção de uma iniciativa social com a função primordial da Justiça do Trabalho, que é a de solucionar os conflitos trabalhistas, demonstra que é possível praticar ações de cidadania e, ao mesmo tempo, entregar em prazo razoável a prestação jurisdicional, neste caso por meio de decisão construída pelas próprias partes, com auxílio de uma equipe capacitada para esse fim. A magistrada também destacou a boa recepção da campanha entre os jurisdicionados e advogados que foram atendidos durante as audiências desta 9ª Semana Nacional de Execução Trabalhista no TRT-15. "Encontrar o CEJUSC vestido de amarelo despertou a curiosidade nas pessoas e, com isso, criou o espaço que precisávamos para falar do tema da campanha, desmistificando-o e mostrando que não importa por qual problema a pessoa estiver passando, existe uma saída. É sempre tempo de recomeçar.", registrou.

Hoje, 32 brasileiros se suicidam diariamente. No mundo, ocorre uma morte a cada 40 segundos. Aproximadamente 1 milhão de pessoas tiram a própria vida a cada ano. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que nove em cada dez mortes por suicídio podem ser evitadas com ajuda e atenção adequadas. O seu problema tem saída. A sua vida tem valor. Se precisar, procure ajuda e ligue para o Centro de Valorização da vida – CVV (188), órgão que realiza apoio emocional e prevenção ao suicídio de forma gratuita e sigilosa.
A Justiça do Trabalho apoia essa causa.

Confira a participação das equipes dos Cejuscs da 15ª Região na campanha "Setembro Amarelo" durante esta 9ª Semana Nacional de Execução Trabalhista:

Campinas 

Ribeirão Preto

Franca

Sorocaba

São José dos Campos

São José do Rio Preto

Bauru

Jundiaí

Presidente Prudente

Limeira

Taubaté

Araçatuba

Piracicaba

Araraquara

Cejusc de 2º grau em Campinas